Como ter uma alimentação saudável a um baixo custo

Uma alimentação variada e equilibrada é um fator determinante para melhorar a saúde e diminuir o risco de doenças da população. Contudo, nem todas as famílias procuram um regime alimentar saudável, consequência muitas vezes da preocupação de que no final do mês o salário não irá chegar para pagar as despesas todas.


Para praticarmos uma alimentação saudável não necessitamos de gastar muito, a maior parte dos produtos até são bem mais baratos, mas é necessário organizar o mês, planear as compras para as diferentes semanas e mais importante ainda – ter paciência e disponibilidade para o fazer!


  1. Alimentos em stock: Faça uma lista de todos os alimentos que tem na despensa de casa, frigorífico e congelador.

  2. Planear refeições: Tendo em conta a lista de stock que fez anteriormente, organize as refeições para a sua semana ou mês. Defina receitas e lanches para os diferentes dias. Opte por alimentos da época, uma vez que são muito mais baratos.

  3. Organizar lista de compras: De acordo com as receitas que planeou, organize uma lista de compras com os produtos em falta. Aqui é importante verificar promoções e folhetos informativos para saber onde os produtos estão mais baratos e organizar os cupões de desconto que possa ter.

  4. Organizar a ida às compras: É importante ir às compras com tempo de forma a conseguir comparar preços de diferentes marcas e procurar equivalentes mais baratos quando necessário. Deve fazer uma pequena refeição antes de sair de casa, evite ir às compras com fome ou irá trazer mais produtos do que aqueles que desejava.

  5. Nas compras: Traga apenas aquilo que colocou na sua lista. Compare os preços dos diferentes produtos, as marcas brancas também são saudáveis e podem ser muito mais baratas. Não se esqueça de verificar os prazos de validade, não desperdice ao comprar quantidades a mais do que aquilo que necessita. Verifique se compensa comprar algum produto em maior quantidade ou em pacotes familiares (Ex: leguminosas, arroz, massa, cereais, entre outros). É também fundamental verificar os rótulos e trazer apenas os produtos saudáveis.

  6. Em casa: Organize os alimentos na despensa e frigorifico, colocando à frente os que têm um prazo de validade mais curto. Se congelar algum produto certifique-se que congela em porções pequenas para não ter de descongelar mais do que aquilo que necessita. Se tiver tempo, pode cozinhar em maiores porções, poupando água e luz, e depois conserva no congelador a refeição já preparada. É também importante reaproveitar sobras caso existam, fazendo pratos diferentes, mas saudáveis na mesma.


 

Por: Inês Ribeiro: Nutricionista do clube de saúde Kalorias Gaia, membro efetivo da Ordem dos Nutricionistas nº2955N

31 visualizações

Posts recentes

Ver tudo