Água alcalina: é melhor opção?

A vida na terra depende de níveis apropriados de pH dentro e ao redor de organismos vivos e células. A vida humana requer um pH rigidamente controlado no soro de cerca de 7,4 para sobreviver. (1)


Quando se trata do pH e da carga de ácido na dieta humana, houve uma mudança considerável desde a civilização de caçadores até aos dias de hoje. Houve uma diminuição do potássio em relação ao sódio e um aumento do cloreto em relação ao bicarbonato encontrado na dieta. A proporção de potássio para sódio foi revertida. Isto resulta numa dieta que pode induzir acidose metabólica incompatível com as necessidades nutricionais. Com o envelhecimento há uma perda gradual da função reguladora de ácido-base renal e um aumento resultante na acidose metabólica induzida pela dieta durante a dieta moderna. Uma dieta pobre em hidratos de carbono e rica em proteína com a carga de ácido aumentada resulta em pouca mudança química do sangue e no pH, mas resulta em muitas mudanças químicas urinárias. Os níveis urinários de magnésio e o ph diminuem, enquanto o cálcio urinário e o fosfato aumentam. Tudo isto origina um risco aumentado de cálculos renais. (1,2)


Assim, a dieta alcalina tem sido promovida com base em alegações que fundamentam que as dietas modernas acidificam o corpo, causando doenças como cancro, osteoporose e doenças cardiovasculares. (1, 2, 3)


A água alcalina é uma água com um pH entre 7-10, valores superiores ao da água convencional. Não existe nenhum estudo que avalie o papel da água alcalina na prevenção ou tratamento de cancro. No entanto, existem estudos sobre a água alcalina que avaliam o seu impacto na secreção gástrica, esvaziamento biliar, reações tóxicas, necrose cardíaca (em ratos) e restrição do crescimento, dos quais nenhum sugere que a água alcalina é um bom suporte na saúde. Assim sendo, não há suporte científico para aconselhar à população o consumo desta água. (2)


No futuro, os estudos podem focar-se em revisões sistemáticas para examinar a relação entre a dieta alcalina e outras doenças, como por exemplo a diabetes e a hipertensão. Todos os estudos que existem sobre esta temática são de baixa magnitude, não havendo associações importantes. (2)


Em suma, as dietas alcalinas resultam num pH urinário mais alcalino e podem resultar na redução do cálcio na urina. No entanto, como visto em estudos recentes, isso não reflete o equilíbrio total do cálcio devido a outros tampões, como o fosfato. Não há qualquer evidência na melhoria da osteoporose, nem em outras doenças. (1) No entanto, a adoção de uma dieta alcalina enfatiza não só a mudança da água, mas a adoção de um maior consumo de frutas e vegetais o que por si só vai ter um impacto positivo na saúde.



1. Schwalfenberg GK. The alkaline diet: is there evidence that an alkaline pH diet benefits health?. J Environ Public Health. 2012;2012:727630.


2. Fenton TR, Huang T. BMJ Open 2016;6:e010438.


3. Koufman JA, Johnston N. Potential benefits of pH 8.8 alkaline drinking water as an adjunct in the treatment of reflux disease. Ann Otol Rhinol Laryngol. 2012 Jul;121(7):431-4.



Por: Mariana Pereira: Nutricionista do clube de saúde Kalorias Gaia, membro efetivo da Ordem dos Nutricionistas nº3055N

24 visualizações

Posts recentes

Ver tudo